O que todo ministério de louvor precisa saber

Formado por músicos e cantores cristãos, o grupo de louvor dentro das congregações, é antes de tudo dedicado ao louvor e adoração a Deus, ou seja, sua função principal é louvar e adorar através de música e canto. Além de tocar e cantar ao Senhor, o grupo tem a tarefa de conduzir a igreja para glorificar a Deus.

Considerando que a Ministração (serviço) não é algo realizado individualmente, podemos considerar então que ministros de louvor são todos aqueles que estão envolvidos, direta e indiretamente no louvor. São os instrumentistas, cantores, operadores/montadores de som, operadores de projeção e outras funções ligadas a essa área com o objetivo principal de glorificar a Deus e ser um canal de bênçãos.

A função básica de todo ministério na igreja é servir (ministrar) às pessoas. No caso do grupo de louvor, não é diferente,  sua tarefa é servir as pessoas levando-as a presença do Senhor em louvor e adoração.

Glorificar a Deus é refletir o que Deus é mostrando as Suas virtudes, é permitir  que através de nós, Deus se faça conhecido. Glorificar a Deus não é aumentar a sua Glória, mas fazê-la conhecida.

Para o cristão, glorificar a Deus está intimamente associado à santificação pessoal. E os integrantes do louvor devem se empenhar por viver em santificação, pois dessa forma, vamos moldando cada vez mais a imagem de Cristo. 

E só quem faz parte do grupo de louvor sabe quanta responsabilidade precisa ter para servir neste ministério. Este é um poderoso instrumento para a edificação da igreja e veículo de evangelismo.

Ser um canal de bênçãos é uma dádiva recebida de Deus. Ela faz parte da manifestação da graça de Deus. As pessoas são abençoadas por Deus através de nós. 

E é sobre isso que o ministério de louvor precisa refletir. A adoração é uma resposta do homem ao que Deus é e faz.  Por isso, separamos quatro pontos importantes que o ministério de louvor da sua igreja precisa se atentar.

Leitura e estudo da Bíblia é importante

A oração e a leitura diária da Bíblia é essencial para a vida cristã. Medite na palavra e ore para que seu louvor seja para a glória de Deus.

O louvor deve exaltar a Deus

Os músicos precisam fazer Cristo aparecer. Deus é o objetivo da adoração, e não a membresia da igreja, mas um Deus santo, vivo, que preza pela sinceridade da adoração.

As ministrações precisam ter base bíblica

Precisamos de mais louvores bíblicos! O louvor deve ser apresentado de forma simples à Igreja, não visando emocionar e sensibilizar as pessoas, mas atraindo sempre a atenção para as verdades bíblicas ali contidas.

Adoração é um sacrifício, uma entrega

Será que Deus gosta quando vamos servi-lo por obrigação? Com certeza, isso não agrada a Deus. Se a obra do Senhor tem sido um fardo para nós ou estamos realizando o serviço por obrigação, então é melhor deixarmos o ministério.

É muito importante que não caiamos no erro de pensar que as tarefas que realizamos na igreja e para o Senhor são mais importantes que Ele mesmo. Nossa prioridade é estar com Ele, é conhecê-lo. Dessa forma, o ministério de louvor precisa se atentar para buscar diariamente Viver para Deus.

Além da preparação técnica que é muito importante, é preciso que haja a preparação espiritual, pois só assim poderemos ser adoradores de verdade. Esse ministério deve viver aquilo que canta. Um ministério de louvor nunca conduzirá alguém para um lugar onde nunca foi, por isso, o grupo de louvor que não adora não pode levar outros a adorarem.

Esperamos que você tenha gostado desses pontos que consideramos muito importantes para a vida do ministério de louvor, e que você possa aplicá-los em sua igreja. 

Que Deus abençoe a você e ao seu ministério.

Hilda Ribeiro
Hilda Ribeiro
Artigos: 143

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *